terça-feira, 13 de janeiro de 2009

VOZ SEM MEDO

Um pouco sobre o Voz se medo!




O grupo de rap Voz Sem Medo surge no final de 1996, na cidade de Brazlândia, periferia do Distrito Federal. Seus integrantes são: Dj Marola, Djara e Chamas. Sendo os dois últimos responsáveis pela composição das letras e pelos vocais. Em 1997 começaram os ensaios e primeiras apresentações em palcos e concursos, o que acabou rendendo um convite do rapper GOG para participar da coletânea “GOG Convida”. Lançada em todo o Brasil, essa coletânea foi o início de uma carreira sólida. As duas músicas selecionadas pelo grupo para a coletânea: Vai Boy e Gangsta é a Morte agradaram ao público que fica na expectativa de um cd. Por vários fatores esse cd só veio no final de 2004, deixando muitos fãs impacientes. Antes, no ano 2000, o grupo havia lançado, de forma independente pelo selo DusKraS, um cd sigue com três faixas, intitulado: “O Final é Sempre o Mesmo”. As músicas alcançam o objetivo esperado: agradar ao público - com destaque para a letra “De herói a Bandido” que vira um hino do rap onde é tocada. Esse trabalho mostrou todo o potencial do grupo, incentivando a gravação do primeiro cd e aumentado, por outro lado, a cobrança e a responsabilidade de trazer aos amantes do gênero rap, um trabalho original e de qualidade. Nesse período, o grupo se apresenta em dezenas de festas, bailes, shows beneficentes dentro do DF e nas cidades do entorno; além de participar de palestras e debates em escolas públicas e particulares. Por onde passa, o grupo Voz Sem Medo conquista fãs com suas letras bem trabalhadas e por suas boas apresentações nos palcos. Participa como convidado de vários outros cds de grupos e coletâneas: “Consciência Black No 05”, “DJ Raffa 20 Anos”, “Ameaça Urbana”, “Liberdade Condicional”, “Falso Sistema” entre outros. No ano de 2005, já com o cd SE VOCÊ QUER SABER nas ruas, lança seus dois primeiros vídeo clipes: “De Herói a Bandido” e “Ovelha Negra”. É indicado em duas categorias, grupo Revelação e Melhor DJ de Grupo, para o PRÊMIO HUTÚS (prêmio para os destaques do gênero rap no Brasil). Com produção do DJ Raffa e participações do peso de “X” Câmbio Negro, Japão -Viela 17 e abertura do GOG, esse trabalho é um referencial de um projeto independente de sucesso! O grupo ganha mais uma vez admiradores dentro e fora do Distrito Federal, abrindo e fechando shows dos grupos mais consagrados do cenário nacional como Racionais MCs, GOG, Facção Central, Cirurgia Moral, Provérbio X, APC 16, Realidade Cruel, Consciência Humana, Visão de Rua, MV Bill, Consciência X Atual entre vários outros. Com apresentações em São Paulo, Minas Gerais, Goiânia, Mato Grosso e Bahia, o grupo prepara para o final de 2007 o seu mais novo trabalho, esperando conquistar novos fãs e se consolidar definitivamente no cenário do rap nacional. Quem já ouviu e gosto da música O Cinzento, adiantamos o título de mais algumas letras, só para deixar os fãs, de um dos melhores grupos do DF, ainda mais estigados: Branca Como a Neve, Dezesseis, Agosto, Tiro e Dor, Vingança em Alto Nível, Sacrifício e muito mais. Aguardem!

2 comentários:

osanan disse...

pos tu canta viu meu sou de moc curto te rap pra caralho meu

mateus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.